Eu e o sobrinho do meu marido ultimo encontro

Eu e o sobrinho do meu marido ultimo encontro
Eu estava em casa era uma tarde ensolarada…aquele calor imenso e depois do almoço me deitei.
Minha sogra tinha saído, meu filho estava na escola e eu sozinha em casa.
Antes coloquei minha camisola preta transparente….e sem calcinha.
E fui deitar na cama.
Eu estava deitada com a bundinha para cima, aquela camisola era preta bem transparente dava pra ver bem os contornos do meu corpo, estava para ver a formato da minha bundinha por traz, dava para ver a polpinha da minha bundinha.
Foi que peguei no sono…..me acordei com a sensação que alguém estava me tocando, achava que estivesse tendo um sonho.
Mas uma mão me alisava a bundinha por baixo da camisola transparente….sentia aquela mão áspera, forte, firme tocando meu corpo.
Naquele momento pensei que pudesse ser um estranho, mas ele começou a beijar minha nuca e sentia que já conhecia aquela respiração.
Era ele o sobrinho do meu marido…que estava em minha casa.
E não era um sonho ..como eu pensava.
Virei o rosto tentando olhar para traz…mas ele não deitava quase deitado sobre meu corpo sentia o pau dele duro enrijecido sobre mim.
Levantava minha camisola e beijava minha bundinha passava a lingua nela toda, lambia chupava, mordia a polpinha, e enfim abriu minha bundinha e lambeu meu cuzinho…sentia aquela língua quente chupando bem gostoso meu cuzinho por uns 3 minutos.
Então consegui me virar…e falei não vamos acabar com isso não quero mais quase gritando.
E ele porque gosto tanto de meter com você minha putinha.
Falei :
– Agora chega,não quero mais.

Ele num desejo incontrolável abriu o zíper da calca rapidamente e foi tirando a calça e tirou o cacete enorme para fora.
Falou chupa….amor do jeito que só você sabe fazer…então me recusei.
Ai ele pegou meus cabelos e forçou contra teu pau e esfregando minha cara na pika dele mas não abri a boca de jeito algum.
Aí como ele viu que não ia chupar ele me empurrou na cama.
E falou já que você quer parar então pelo menos a ultima vez vai ter nem que seja quer ser assim.
Me jogou na cama e empurrando.
Abriu minhas pernas com força.
– Eu falando não pare.
Empurrando o peito dele.
E ele estava tão excitado que não me ouvia.
Enfiou teu cacete todo na minha xaninha, no começo doeu soltei um gritinho aiiii.. pois não estava lubrificada o suficiente.

E foi dando estocadas forte…beijando meu pescoço, chupando….e falando no meu ouvido ai que bocetinha gostosa que não quero acreditar que è a ultima vez que vou comer ela.
E fodia.. minha boceta e eu estava sendo possuída a força era uma sensação de dor e prazer.
E bombava sentia o cacete dele entrando cada vez mais sentia cada vez mais rápido…as bombadas. E me xingava ai minha putinha sei que você ta gostando de ser pega a forca, senti meu pau na tua boceta, bombando forte você já deixou ele melado aqui enquanto ele mordia minha orelha.
Então ele queria mudar de posição sentou e me segurava pelo braço eu querendo parar mas não estava dizendo me solta ..e ai que ele apertava mais meu braço.

Ai me sentou no seu colo…..e falou vem sentada com a bundinha no meu pau.
E apontou a cabecinha do cacete na entradinha do meu cuzinho e foi entrando devagarzinho.
Ele falava isso senta com essa bunda gostosa no meu pau minha vadia.
E sentei no cacete todo e ele falava agora pula no meu colinho pula ou a gente vai ficar o dia inteiro aqui.
Então para acabar logo com isso o obedeci comecei pular no colinho dele sentia o pau dele todo dentro do eu cuzinho e eu sentando pulando e gemendo.
aiii ele isso que cuzinho apertado cavalga minha putinha.
E pulava…no cacete dele….e ele falou agora de frente vem.
Sentei de frente e continuava cavalgando…e ele segurando minha bunda ajudando ela subir e descer no pau dele…sentia até as bolas encostarem na minha bunda…o pau dele sumia dentro do meu cuzinho…enquanto o cavalgava o pau dele ele me beijava a força….hora chupava meus peitinhos.
E estava sendo possuída praticamente a força.
Ele parecia não querer mais parar bombava cada vez mais…me ajudava a cavalgar…segurando minha bunda.
Até que falou ai minha putinha gostosa vou encher teu cuzinho de porra…pula mais vai agora…pula…minha vagabunda.
E gritou haaaaaa vou gozar…huuuuu.
E quando ele falou isso que eu pulava mais ainda….até ele terminar de gozar.
Então desci do pau dele abaixei minha camisola.
E ele perguntou e ai..tem certeza que não quer mais que eu apareça aqui?
Eu disse que sim.

Então…ele ainda me pegou a força meu deu um beijo forçado.
E se arrumou e foi embora.

Bir cevap yazın

E-posta hesabınız yayımlanmayacak. Gerekli alanlar * ile işaretlenmişlerdir