MATOU A VONTADE !!!

MATOU A VONTADE !!!
MATOU A VONTADE !!!
No m eu completava 26 anos de casamento sofri um grave acidente automobilístico, fiquei vários dias internado com uma lesão na espinha que me tirou quase toda ereção. Meu pênis ficava ereto mas não conseguia terminar o coito, a ereção só era duradoura quando havia uma manipulação e para me satisfazer me minha esposa caprichava no sexo oral, para dar mais tesão eu manipulava seu delicioso cusinho e ela adorava, mas a mesmisse nos levou ao imaginário, enquanto ela chupada eu simulava com o dedo que havia um homem comendo seu cu, assim foi por várias vezes até que eu propus comprar dois pênis de silicone,  um grande para nossa brincadeira vaginal e outro menor para o anus.ficou muito divertido brincar assim pois ela participava intensamente, até que um dia ela me pediu para usar o pênis maior em seu anus, foi uma loucura, suas palavras e gestos era de uma foda anal real. Ela chegava a ficar exausta de satisfação com essa brincadeira, e em uma noite quente sexualmente ela com cara de anjo me disse – posso fazer um pedido? Eu pensando tratar sobre nossos atos , ela me surpreendeu dizendo – você fez eu gostar de sexo anal, realizei todas as suas fantasias, mas agora quero um pênis de verdade no meu cusinho, foi um choque fiquei sem ação mas compreendi seu sentimento e foi eu que provocou esse desejo nela, não tocamos mais no assunto, mas passado quase dois meses eu estava sozinho com ela em casa, compramos carne para um churrasquinho, cervejas e um litro de wuisqui, fomos para nosso rancho no quintal, sentamos no nosso velho sofá botamos uma música  e começamos a beber e conversar, o litro de wuisqui já estava quase no meio e mais as cervejas, nos deixou bem descontraídos. Foi quando a campainha tocou. Eu fui atender e era um amigo pedreiro que eu tinha esquecido que marquei um orçamento de um serviço, após meia hora tratando sobre o serviço eu o convidei para tomar um copo de cerveja, logo foi outro copo e também ofereci wuisqui, papo vai, papo vem ele se acomodou no sofa, e mais bebida, já estávamos meios bêbados, eu sentado na poltrona e ele no sofá de três lugares, minha esposa veio com mais bebida e também sentou no sofá onde estava meu amigo, era o único lugar onde ela poderia sentar, o papo ficou quente com piadas e assuntos de adulto, já era umas 5 da tarde e já tínhamos tomado todas, e surgiu um papo sobre tamanho de penis, coisa de bêbado, então pedi pra ele mostrar o tamanho do dele, ele só de short arrancou  aquela cobrá preta pra fora sem a menor cerimônia, e minha esposa sentada ao lado dele, então eu falei pra ela pegar no pau dele, ela recusou mas eu insisti. Então de leve ela segurou aquela coisa  enorme e preta e ela instintivamente começou um movimento bem devagar pra cima e pra baixo com as mãos. Eu então posicionei minha poltrona mais perto e depois que o pau enorme do meu amigo estava duro eu pedi para minha esposa ficar em pé na minha frente e comecei beijar sua barriga e fazer carinho em sua bunda, segurei ela pela cintura e a  empurrei pra baixo fazendo ajoelhar de frente para a aquela Pica enorme, botei a mão sobre a cabeça dela e forcei sua boca a ir de encontro ao pênis negro a sua  frente, ela refugou durante um minuto mas acabou abocanhando  aquela Pica com tanta vontade que me deu até arrepios de tesao, ela chupada aquela pau gulosamente, em quanto eu acariciava seu corpo,enfie a mão dentro do short dela e procurei seu cusinho que de tão receptivo pude enfiar três dedos nele, ela começou gemer e fazer como estivesse dando o cu, me veio a cabeça seu antigo pedido, então perguntei a ela  – você ainda quer satisfazer aquele desejo de um pau verdadeiro no cu ?
Ela só disse han ham !!! Então compreedi, vau ser agora !!! Fiz uma massagem em seu anus com um lubrificante, quando  percebi que ela estava pronta para aquela coisa enorme, simplesmente falei para o amigo ” come o cu dela ”  ele encostou a cabaça de seu pau no cu dela, que tratou de engolir todo aquele membro, ele arregaçou com o cu delá durante uns dez minutos, então ela que só gemia de prazer falou para Nas profundezas do seu cu, ele aumentou o movimento de entra e sai, então ele quase num berro vi seu pau dentro do cu da minha esposa, se estufar e encher seu cu de porra, quando ele tirou o pau de dentro  de seu cu, veio junto uma torrente de esperma que escorria em um fluxo alucinante igual um cavalo numa egua, três dias após novamente ela chupando meu pau e eu manipulando aquele CU definitivamente  arrombado !!!

Bir cevap yazın

E-posta hesabınız yayımlanmayacak. Gerekli alanlar * ile işaretlenmişlerdir